Boa Esporte 2×1 Guarani – Boveta vence e segue sonhando em deixar a degola

rt1

O Boa quebrou uma série de cinco tropeços ao derrotar o Guarani de virada pelo placar de 2 a 1, em partida realizada neste sábado, no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), pela 32.ª rodada da Série B do Brasileiro. O último triunfo havia sido no dia 7 de setembro, no 1 a 0 contra o Goiás.


Com o resultado, o Boa ganhou um gás na luta contra o rebaixamento, mas continua na lanterna com 29 pontos. O Guarani, por sua vez, ficou nos 45, agora mais distante do G4 – a zona do acesso. Esta foi a sua terceira derrota seguida.

PRESIDENTE DO GUARANI FORÇOU
JOGADORES DA MAGNUM NO TIME
Mais uma vez, durante a semana, o presidente do Guarani, Palmeron Mendes Filho, teria tumultuado o ambiente forçando o treinador Umberto Louzer a levar os jogadores Douglas e Romilson, que vieram do Londrina-PR e que são do grupo Magnum.
Os dois jogadores oneram a folha de pagamento do clube em R$ 25 mil mensais e, nos treinamentos, não estão demonstrando qualificação sequer para ficar no banco de reservas. Um sinal de que as três derrotas seguidas do time passam também por problemas internos, de bastidores e com interesses de terceiros.

GRANDE COMEÇO!
O primeiro tempo foi de pura adrenalina. O Guarani partiu com tudo para cima e precisou de apenas dois minutos para abrir o marcador. Em cobrança de escanteio de Matheus Anjos, Bruno Mendes subiu sozinho para cabecear para o fundo das redes.

A resposta do Boa Esporte foi imediata. Mesmo na lanterna, o time mineiro encontrou inspiração para reagir. Alyson avançou pela esquerda e chutou. A bola atravessou a área e acabou nos pés de Hélder. O lateral-direito pegou de primeira e cruzado para deixar tudo igual.

O jogo, que tinha tudo para ser animador, caiu de produção. Ambos os times erravam passes bobos e sequer ameaçaram os goleiros. Davam a entender que estavam satisfeitos com o resultado, já que não mostravam empolgação.

SURPRESA MINEIRA
No segundo tempo, o Guarani voltou ainda mais apático, fato que foi aproveitado pelo Boa. Logo no lance inicial, Thallyson foi até a linha de fundo e chutou; Agenor espalmou. Depois foi a vez de Alyson parar no goleiro bugrino.

O Guarani foi acordar apenas aos 18 minutos, quando Felipe Rodrigues recebeu dentro da pequena área e exigiu grande defesa do goleiro Fabrício. Em seguida, após cobrança de escanteio, Philipe Maia cabeceou pela linha de fundo.

Só que o Boa aproveitou melhor as chances e encerrou a fase negativa, que já durava mais de um mês. Aos 28 minutos, Manoel recebeu dentro da área e testou certeiro para decretar a vitória do time mineiro.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Oeste no sábado, às 16h30, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP). No mesmo dia e horário, o Boa recebe o Atlético Goianiense novamente em Varginha

Com reportagem do site Futebol Interior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: